A gente vê cada coisa...


Sábado de manhã, metrô vazio. Estou eu distraída, escutando música, quando reparo numa mulher cuidando das unhas. Não, ela não estava usando a lixa, ela estava FAZENDO as unhas. É, pintando de vermelho e tudo. Vi inclusive quando ela tirou da bolsa um pauzinho de laranjeira, enrolou o algodão e mergulhou no vidro de acetona. Surreal.

Eu devia estar acostumada, eu sei. Ando de ônibus pra cima e pra baixo desde que me entendo por gente e, nesse tempo, deu pra perceber que acontecem as coisas mais bizarras em meios de transporte coletivos. Durante uma viagem de trem, certa vez, presenciei uma espécie de culto: além do pregador, outras pessoas ficavam cantando umas músicas bem alto, atrapalhando o nosso sono. Já vi festa de aniversário no ônibus, com direito a bolo, refrigerante e tudo; gente urinando com o veículo em movimento...

Nunca me esqueço também de um vendedor de descascador de legumes. Volta e meia eu pegava o ônibus do estágio pra faculdade e ele tava lá, querendo convencer os passageiros, de qualquer jeito, de que o produto era bom mesmo. Apoiava-se na roleta, e, sem se preocupar se estava atrapalhando quem estava entrando, fazia uma demonstração ao vivo, bem na nossa frente. Era um tal de descascar batata e cenoura ali dentro...

Eu devia estar acostumada, eu sei. Mas continuo me surpreendendo. Andar de carro não deve ter a metade da graça...
Giselle de Almeida

3 comentários:

Mírian Nery disse...

Menina, outro dia cruzei com esse vendedor de descascador... rs!

Mas ó só: tô passando aqui para lhe apresentar minha nova casa:

www.rascunhosdemirinha.blogspot.com

Vai lá me visitar!

Bjs grandes!

Geisy disse...

Gostei da nova cara do seu blog.Tá bem bonitinho msm. Agora,cria vergonha e atualiza mais vezes rsrs. Bjks!

Giselle de Almeida disse...

Calma, calma... É todo um processo... rs. Mas dei o pontapé inicial, né? Isso que importa. Mas aguarde e confie: já, já estarei dando as caras por aqui!
beijos