Vocês não sabem o que eu vi na semana passada


Eu tinha que dar o pontapé inicial neste blog falando de cinema. Quem me conhece sabe que este é um dos meus assuntos preferidos (quem não me conhece, favor ler o recado no fim da página). Resolvi então escrever sobre dois bons filmes que vi esta semana.


O primeiro deles, na telona: A noiva-cadáver, simplesmente adorável. É uma história de amor impossível contada com o humor peculiar de Tim Burton. O inusitado fica por conta da protagonista, Emily, que já partiu dessa pra melhor. Num mal-entendido, ela acredita ter sido pedida em casamento por Victor, que, por sua vez, está comprometido com Victoria. E agora ele precisa dar um jeito de sair dessa enrascada.

São ótimas as seqüências no mundo dos mortos (na imaginação de Burton, muito mais alegre e colorido que o dos vivos). Destaque também para os números musicais, divertidíssimos, as caracterizações das caveiras (uma delas, já idosa, é corcunda e banguela... genial!) e a "consciência" da Emily.


O segundo bom filme, Visões, assisti no DVD. O (ótimo) trailer tinha me dado medo. Minha irmã disse que nunca mais ia olhar pra uma ultra-sonografia da mesma forma. Exageros à parte, a intenção era assustar mesmo. Seu único problema foi ter vendido o produto errado. Qualquer um diria se tratar de um suspense no estilo de O chamado, O grito etc. Pois qualquer um teria se enganado. O filme, na verdade, é um drama - muito bem conduzido, por sinal.

Na história, Joey Cheng percebe que está sendo abandonada pelo namorado e tenta se matar. A tentativa não dá certo e logo depois ela descobre que está grávida. A partir daí, coisas estranhas começam a acontecer. Ela vai em busca de respostas e... não posso contar mais. Interpretações excelentes, roteiro bem amarrado, filmaço.

E em breve, num post perto de vocês: Harry Potter e o cálice de fogo...
Giselle de Almeida

6 comentários:

Juca disse...

Gi, adorei o seu blog, parabéns!

Rafa disse...

Oi, Giselle. Vou estrear os comentários. Eu cheguei a pegar esse Visoes na Blockbuster aqui de Madrd e terminei mudando de idéia. Mas acabo de me arrepender... hehe Mais ainda quando eu lembro que fui convencido pelo japones que mora comigo a ver uma bosta de filme coreano que nao entendi nada. hahaha

Ah! Muito legal a iniciativa do blog. Prometo comentar sempre. Beijos!

giselle disse...

Valeu, pessoal. Vou tentar manter isso aqui atualizado, dentro do possível.
Poxa, Rafa, pelo menos valeu como experiência, né? rs
E já que vc é o mais novo expert em cinema coreano da Espanha, e quiçá da Europa... viu Oldboy? Muito bom. E o final é chocante.

Fabiane disse...

Oi Gi,
também vi a Noiva Cadáver, óbvio (me pergunta por algum longa animado que eu não tenha visto... ah! tem sim, Robôs, mas assim que puder vou alugar) e achei ótimo. A animação é perfeita e o roteiro também. E as personagens possuem um traço muito particular (como se fossem caricaturas) que ajuda a dar o clima do filme, uma mistura de morte com humor. Acho até que é o mesmo princípio das propagandas da Sinaf, quando dão às fotos um ar de caricatura tratando a morte com humor.
Parabéns pelo blog Gi. Gostei muito. Bjs!

Geisy, a mais melhor de boa disse...

Bom, com algumas semanas de atraso(quem não me conhece, me perdoe, mas meus amigos já estão acostumados...), venho participar do blog da minha irmãzinha. Ela pentelhou mt, mas fui convencida ao saber q fui citada! =P Pô, Gi!!! Quem for ler isso vai pensar que eu sou doida, e a doida aki é vc hehehehe Fiquei msm com medo do trailler, mas o filme é realmente mt bom. Eu agarântio!!! bjos =D
Ps.: deixa eu babar um pouquinho, o blog é maneiro pra caraca. Parece até as conversas q a gente tem. Mas não acostuma não...

jacqueline disse...

Olá a todos,voltando ao assunto do filme visoes eu não entendi bulufas do final,alguém poderia me dizer pq aparece aquele monte de espíritos no final?
Obrigado
jack